LIGHTING HIGH DEFINIFTION
 
NORMAS DE ILUMINAÇÃO
 

..."Outra exigência está centrada no novo milénio e na poupança de energia. A iluminação não é o sector onde o consumo de energia é mais significativo. Contudo, a sua racionalização tem contribuído neste campo para uma sensibilização das pessoas em relação à eficiência de energia. Um exemplo da implementação das novas tecnologias na indústria da iluminação é a robotização dos projectores, com todas as suas novas possibilidades e cada vez mais versáteis."...

..."Os cabos tem de estar dimensionados para as potências que os percorrem. Também neste caso as normas são bastante rígidas. As fichas e tomadas têm um código de cor, de acordo com a sua potência e diferentes tamanhos, consoante a corrente para que são utilizados. 16, 32 e 63 Amperes são as mais usadas."...

..."Também os desenhos de iluminação de hoje são todos feitos em computador, o que obriga os directores de iluminação a estar à frente em termos tecnológicos. A adaptação às novas tecnologias é um ponto fundamental para todo e qualquer iluminador deste milénio. Existem algumas associações onde se podem trocar ideias entre colegas directores de iluminação. Além de prestar apoio aos sócios, estas associações normalmente publicam jornais e revistas, em conjunto com os maiores fabricantes do mundo. A troca de experiências entre os iluminadores é um dos factores mais produtivos e saudáveis."...

 
Copyright (c) 2004 Made by Rodrigo Nogueira